Prefeitura Municipal de Santana

Porto de Santana alcança movimentação recorde impulsionado por commodities agrícolas

29 de janeiro de 2024

Acervo Prefeitura de Santana.

O Porto Organizado de Santana (AP), administrado pela Companhia Docas de Santana, fechou o ano de 2023 com movimentação recorde, a maior dos últimos 9 anos, com crescimento de 48,1% em relação ao ano de 2022.


Ao todo, o porto movimentou 3,623 milhões de toneladas de cargas, sendo 2,627 milhões de toneladas embarcadas e 996 mil toneladas desembarcadas.

O maior destaque entre as cargas movimentadas foram os granéis sólidos, especialmente os de origem vegetal, que incluem cargas como soja, milho, farelo de soja e cavaco de madeira (eucalipto), que cresceram 49,7% em 2023 em relação a 2022, sendo responsáveis por 82,2% do total movimentado no período.

Commodities agrícolas ocupam lugar de destaque

Dentre os destaques para o elevado crescimento registrado em 2023, estão as commodities agrícolas, milho, soja e farelo de soja, que aumentaram sua movimentação em 77,6% em 2023, em relação a 2022. Um total de 2,018 milhões de toneladas movimentadas, entre embarques e desembarques, contra 1,136 milhões de toneladas no ano anterior.

Cargas como milho e soja em grãos, impulsionadas pela evolução das exportações de grãos pelos portos do Arco Amazônico, registraram novos recordes históricos, superando a movimentação do ano anterior em 135,4% e 72,2%, respectivamente.

Movimentação de Longo Curso

No ano de 2023, 71 navios atracaram no Porto de Santana para embarque de cargas, movimentando um total de 2,627 milhões de toneladas, registrando um crescimento de 42,2% em relação a 2022. As principais cargas exportadas foram: cavaco de madeira (958.510 t), milho em grãos (514.303 t), soja em grãos (408.227 t), manganês (386.342 t), minério de ferro (194.646 t) e farelo de soja (111.820 t).

Navegação Interior

Em 2023, o Porto de Santana realizou 463 operações com barcaças para desembarque e transbordo de cargas, movimentando um total de 995,801 mil toneladas, um crescimento de 66,3% em relação a 2022. As principais cargas recebidas foram: milho em grãos (489.689 t), soja em grãos (382.236 t) e farelo de soja (111.513 t).

Os dados históricos de movimentação evidenciam, além da movimentação recorde, uma diversificação e mudança no perfil de cargas movimentadas pelo Porto de Santana, que passa a consolidar operações com granéis agrícolas, agregando-as às operações já consolidadas de cavaco de madeira, garantindo ainda espaço para outras operações como de granéis minerais e carga geral.

Instagram: https://www.instagram.com/p/C2sMTRgLD_V/?igsh=eXF0aGVscnBwaWRo

Facebook: https://www.facebook.com/share/p/MKfvicCZAshYiYxv/?mibextid=WC7FNe

Última modificação: 29 de janeiro de 2024

Comments are closed.