Prefeitura reforça cuidados e mantém consultas de pré-natal durante a pandemia

Em: 29 abril, 2020

A gestante não está exposta somente ao novo coronavírus, existem outros riscos inerentes, que reforçam a importância da Prefeitura de Santana, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), retomar as consultas de pré-natal nas Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) e Policlínicas, seguindo as orientações de proteção, higiene e distanciamento.

Para que a futura mamãe possa continuar o acompanhamento médico, mantenha o calendário de vacinação em dia, se necessário, receba suplementação alimentar e tire dúvidas sobre a atual pandemia, a gestão municipal adotou várias medidas de prevenção, para evitar filas de espera do serviço e a disseminação do vírus.

A Secretária da Semsa, Maira Carvalho, explicou que a realização dos exames de pré-natal são considerados essenciais e devem ser mantidos pelas grávidas mesmo com a pandemia da Covid-19. “Os atendimentos retomaram em todas as unidades de saúde, visando não concentrar apenas em uma UBS, justamente para evitar aglomeração e não atrasar o pré-natal de nossas grávidas,” explica Maira.

Na Policlínica Dr. Alberto Lima as consultas estão sendo agendadas através do contato telefônico preenchido no ato do cadastro de pré-natal da paciente, durante a visita de Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e na própria Policlínica.

Segundo informações da diretora da unidade, Antônia Cardoso, os atendimentos estão acontecendo de segunda a sexta-feira, a partir das 14 horas. “Para não aglomerar, são apenas três grávidas por dia e todos [pacientes e servidores] devem obedecer rigorosamente a determinação do uso de máscara, além do espaçamento de dois metros cada, para evitar o contágio,” frisou Antônia.

Covid-19 e Gravidez

Um estudo realizado na China com mães infectadas pelo novo coronavírus mostra que ele não foi identificado no líquido amniótico, no cordão umbilical, na placenta ou no leite materno. Portanto, a princípio, não existe documentação de transmissão vertical, durante a gestação.

Para as grávidas que estejam com suspeita de Covid-19 ou já saibam que estão infectadas, os cuidados de isolamento devem ser os mesmos de toda a população. Em caso de emergência, o obstetra pode conduzir o parto cesário.

Campanha de Vacinação

Ainda não existe uma vacina para o novo coronavírus, causador da Covid-19, por isso a recomendação médica é que as gestantes mantenham o calendário de vacinação em dia.

A vacina contra gripe não tem eficácia contra o coronavírus, mas previne a contaminação pelo vírus Influenza, incluindo os subtipos H1N1 e H3N2.  Neste momento, essa imunização irá auxiliar os profissionais de saúde no diagnóstico para o novo coronavírus, já que os sintomas são parecidos, febre, cansaço e tosse seca.

A terceira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza será realizada a partir do dia 9 de maio, junto com o Dia D de mobilização nacional contra a gripe, em todas as unidades municipais de Saúde. A meta é vacinar pelo menos 90% de cada um desses grupos, até o dia 6 de junho em Santana.

Na ocasião, o público-alvo será composto por crianças de 6 meses a menores de 6 anos; professores; gestantes; puérperas (mulheres de resguardo); povos indígenas; adultos de 55 a 59 anos de idade e pessoas com deficiência.

Prefeitura Municipal de Santana - AP

Av. Santana, 2913 - Paraíso, Santana - AP

CEP: 68928-060, Santana - Estado do Amapá

Horário de atendimento: Seg a Sex das 07:30 as 13:30

Telefone: (96)98106-5513

Site Antigo

NOSSOS CANAIS