Prefeitura Municipal de Santana

Prefeitura de Santana participa de marcha contra feminicídio

4 de junho de 2024

A Prefeitura de Santana, através da Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres, participou da “Marcha contra o feminicídio – Justiça por Daniella”, que percorreu as ruas da capital, Macapá, no último domingo, 2 de junho.

O ato foi organizado pela família da amapaense Daniella Pelaes, brutalmente assassinada no dia 25 de maio dentro de sua casa, em Brasília (DF). O suspeito é o ex-marido, Janílson Quadros de Almeida, de 37 anos.

Os manifestantes protestaram contra a violência que acomete as mulheres, alertaram sobre a importância da denúncia e pediram por penas mais rigorosas aos agressores.

A caminhada contou com a participação de várias instituições públicas que atuam na proteção dos direitos da mulher e auxiliam no enfrentamento à violência. Entre os presentes, servidores do Centro de Referência de Atendimento à Mulher (CRAM) e da Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres de Santana.

Para a titular da pasta, Léa Soryana, a educação não-violenta deve começar nas escolas nos anos iniciais.

“A educação não-violenta precisa começar nas escolas, na educação infantil, para que, quando chegarem à vida adulta, os meninos de ontem e homens de hoje tenham compreensão e respeito pelas mulheres. E nós estamos aqui, a Prefeitura de Santana está neste ato lutando por penas mais rigorosas e por uma sociedade em que as mulheres tenham paz”, disse Léa Soryana.


Luana Silveira
Assessora de Comunicação
Prefeitura de Santana

Última modificação: 4 de junho de 2024

Comments are closed.