Para evitar novos contágios, Prefeitura restringe acesso à Ilha de Santana

Em: 8 maio, 2020

O decreto municipal 620 de 2020 restringe o acesso à Ilha de Santana. Somente poderão ir e vir os moradores da comunidade. A medida visa prevenir novas contaminações, já que os próprios moradores relataram que o local era ponto de encontro de banhistas mesmo durante a pandemia.

Para restringir esse acesso, os proprietários de transportes fluviais, como os catraios, balsas e navios devem fazer o controle de passageiros, solicitando a documentação necessária. Para os catraios, os donos deverão disponibilizar álcool em gel para os passageiros, e só serão permitidos 5 pessoas e todas devem estar de máscara.

A partir de agora, a fiscalização poderá pedir os seguintes documentos para comprovar residência: certidão de matrícula de imóvel; comprovante de pagamento de água, luz, telefone IPTU, contracheques ou outros documento que comprovem que a pessoa precisa entrar na ilha de Santana.

” Queremos deixar claro que os donos de embarcações também têm a responsabilidade de fiscalização e cumprimento de todas essas normas. Quem não cumprir a medida pode perder sua licença de transporte até o final da pandemia”, ressaltou o secretário municipal de Fazenda, Elcides Vales.

Prefeitura Municipal de Santana - AP

Av. Santana, 2913 - Paraíso, Santana - AP

CEP: 68928-060, Santana - Estado do Amapá

Horário de atendimento: Seg a Sex das 07:30 as 13:30

Telefone: (96)98106-5513

Site Antigo

NOSSOS CANAIS