Prefeitura Municipal de Santana

Caravanas novo Plano Diretor

26 de janeiro de 2024

Acervo Prefeitura de Santana.

Nesta quarta e quinta-feira, aconteceu o terceiro e quarto dia das Caravanas do novo Plano Diretor de Santana. Durante uma semana técnicos e representantes de secretariado municipal e estadual estarão se reunindo para discutir as diretrizes do novo plano proposto desde o primeiro encontro ocorrido em 2022.

Além disso, a comunidade estudantil, setor judiciário, imobiliário e conselhos de classe de controle social também terão encontros para juntos debaterem e deliberarem melhorias para cada setor, ouvindo as propostas expostas pelos engenheiros responsáveis.

No segundo dia, foram discutidas melhorias de desenvolvimento para o setor portuário de Santana, onde profissionais, técnicos e comunidades foram ouvidos e tiveram a oportunidade de ficar por dentro das propostas direcionadas para o setor.

Acervo Prefeitura de Santana.

Nesta quarta-feira, 24, no auditório da Secretaria de Meio Ambiente do Estado- Sema, representantes de Equatorial CEA e CSA, Secretaria de Transportes do Estado, Secretaria de Infraestrutura do Estado, Secretaria de Meio Ambiente do Estado, Secretaria estadual de ciência e tecnologia do Amapá, estiveram reunidos onde na oportunidade foram repassadas propostas de desenvolvimento urbano.

Projetos prioritários como: Modernização da Gestão Pública, Plano Municipal de Desenvolvimento Socioeconômico, Plano Municipal de Gerenciamento Costeiro, Requalificação da Orla Fluvial, Plano de Desenvolvimento Integrado de Turismo Sustentável, Revisão e atualização zoneamento urbano, estímulo ao uso de energia sustentável, saneamento ambiental entre outros foram apresentados e apreciados pelos presentes.

O secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano e Habitação, Helder de Lima, destaca a importância da participação de todos os órgãos, sejam municipais ou estaduais, e da comunidade. Já que o planejamento urbano deve ir além dos aspectos físicos e territoriais, encarando o ordenamento do território como um meio para cumprir objetivos maiores, a citar:

Acervo Prefeitura de Santana.

“Garantia do direito à terra urbana, à moradia, ao saneamento ambiental, à infraestrutura urbana, ao transporte e aos serviços públicos, ao trabalho e ao lazer, para as presentes e futuras gerações. Além disso, o plano projeta oferta de equipamentos urbanos e comunitários, transporte e serviços públicos adequados aos interesses e necessidades da população e às características locais;
Evitar e corrigir as distorções do crescimento urbano e seus efeitos negativos sobre o meio ambiente”, disse Helder.

Nesta quinta-feira, 25, a equipe esteve no Auditório da Universidade Estadual do Amapá, onde foram demonstradas as propostas para o setor estudantil.

 

Keila Góes

Assessoria de Comunicação/Semduh

Última modificação: 26 de janeiro de 2024

Comments are closed.