Acessibilidade: A+ A() A-

 NOTÍCIAS

Prefeito Ofirney Sadala prestigia entrega de certificado que torna Amapá área livre da aftosa

O reconhecimento nacional é resultado de um esforço do Governo do Amapá na imunização de bovinos e bubalinos em todos os municípios do Estado.

Por: Gabriel Dias - 05/12/2017 - 18:07

Ofirney Sadala, que também responde pela presidência da Associação dos Municípios do Estado do Amapá (Ameap), ficou satisfeito com a certificação do Estado, que possivelmente irá proporcionar maiores incentivos à atividade agropecuária nos municípios do Estado.

Foto: Denis Freitas

O prefeito de Santana, Ofirney Sadala, esteve na manhã desta terça-feira, 5, prestigiando um momento histórico para o Estado do Amapá: a entrega do certificado de área livre de febre aftosa com vacinação, cujo documento foi assinado pelo ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi.

O reconhecimento nacional é resultado de um esforço do Governo do Amapá na imunização de bovinos e bubalinos em todos os municípios do Estado, sendo um passo importante para a comercialização de carne aos mercados nacional e internacional.

Ofirney Sadala, que também responde pela presidência da Associação dos Municípios do Estado do Amapá (Ameap), ficou satisfeito com a certificação do Estado, que possivelmente irá proporcionar maiores incentivos à atividade agropecuária nos municípios do Estado.

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi, disse que o Estado do Amapá foi o último a ser certificado nacionalmente como livre da aftosa com vacinação, mas será um dos primeiros a ser reconhecido internacionalmente como área livre sem vacinação.

“É importante enfatizar que assim os produtores locais poderão comercializar seus produtos para os mercados nacional e internacional sem nenhum problema”, destacou o ministro.

O Governador do Estado do Amapá, Waldez Góes, ressaltou a união política do Amapá e demais seguimentos do ramo da agropecuária para alcançar e, a partir de agora, manter a certificação. “Nós temos muito a agradecer a todos os envolvidos. Foi um trabalho muito intenso nos últimos anos e eu tenho certeza que essa conquista vai marcar muito o Amapá. Agora, precisamos manter este certificado, ou seja, nosso encargo só aumenta e unidos certamente o manteremos”, acrescentou Waldez Góes.

Atualmente o estado possui um rebanho de 341 mil cabeças. Com a certificação, os pecuaristas poderão ainda investir em técnicas para melhorar a genética do rebanho, como a inseminação artificial em bovinos e bubalinos.

 


PMS - Prefeitura Municipal de Santana
Av. Santana, 2913 - Paraíso, Santana - AP, 68928-060
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP
2017 - Licença Creative Commons 3.0 International