Acessibilidade: A+ A() A-

 NOTÍCIAS

Coleta de resíduos sólidos diminui a degradação ambiental na Ilha de Santana

O processo iniciou em fevereiro deste ano e é realizado toda quinta-feira pela empresa vendedora da licitação, com o apoio dos moradores locais.

Por: Simone Pessôa - 13/07/2017 - 21:47

Depois de coletado na Ilha de Santana, o lixo é transportado através de balsa e jogado no aterro controlado de Macapá

Foto: Igor Cavalcante

A Prefeitura Municipal de Santana, através da Secretaria Municipal de Obras Públicas e Serviços Urbanos (Semop), realizou mais uma coleta de resíduos sólidos na Ilha de Santana. O processo iniciou em fevereiro deste ano e é realizado toda quinta-feira pela empresa vendedora da licitação, com o apoio dos moradores locais.

De acordo com Alisson Barroso, colaborador da coleta, alguns moradores da Ilha, assim como ele, foram contratados para atuarem em conjunto com a empresa. A medida foi uma determinação do prefeito de Santana, Ofirney Sadala, como meio de valorizar os moradores e oferecer oportunidade de trabalho.

Ao todo, o município conta com cinco caminhões coletores, onde cada um recolhe de 9 a 12 toneladas na cidade. Já na Ilha de Santana, o caminhão recolhe cerca de 1,5 tonelada toda a quinta-feira, pois alguns moradores ainda optam por queimar os resíduos, do mesmo jeito que era realizado antes da intervenção da prefeitura.

Uma das principais melhorias, explicou o morador Márcio Lopes, foi à redução da degradação ambiental, pois antes o lixo era levado por um veículo e depositado no rio. “Não adiantava ter o jerico para simplesmente fazer a coleta de lixo, porque eles acabavam colocando no rio, causando a contaminação da água”, disse o morador, agradecendo ao prefeito Ofirney Sadala a forma adequada como o lixo doméstico da Ilha de Santana é tratado.

 


PMS - Prefeitura Municipal de Santana
Av. Santana, 2913 - Paraíso, Santana - AP, 68928-060
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP
2017 - Licença Creative Commons 3.0 International